Hábitos Saudáveis

A- A+

Alimentação balanceada, atividades físicas regulares, noites bem-dormidas, estresse sob controle. Esses são os pilares para uma vida saudável que, construídos dia a dia, promovem bem-estar físico e mental. Aproveite nossas dicas e dê o primeiro passo para adotar hábitos saudáveis. Sua saúde agradece!

Alimentação

O corpo precisa de diversas substâncias para se manter. O equilíbrio entre os tipos de alimento é um dos fatores que mais ajudam na manutenção de boa saúde. Durante o da, você deve consumir de forma balanceada os seguintes alimentos:

Energéticos

Você precisa de energia para tudo o que faz. Por isso, é preciso ingerir alimentos como arroz, massas, cereais e pães (de preferência integrais, pois contêm  mais fibras que fazem bem à saúde), mel, milho, batata, mandioca, farinhas e  muitos outros que pertencem a esse grupo. Quando às gorduras, deve-se dar preferência às de origem vegetal.

Atenção aos doces e ao açúcar: é preciso ter cuidado e não exagerar.

Construtores:

Nosso corpo precisa de constantes “reparos”. Alimentando-se de carnes vermelhas (boi) com moderação, carnes brancas (frango e peixe), leite e derivados (iogurte, queijo, requeijão), ovos, feijão, ervilha, soja e muitos outros alimentos desse grupo é que o corpo se recupera de lesões e do desgaste natural.

Reguladores:

Para prevenir doenças e regular o funcionamento do organismo, seu corpo usa, basicamente, as vitaminas (A,B,C,D,E,K, entre outras) e minerais (como ferro, cálcio, sódio, potássio e zinco).  Todas as frutas (banana, limão, laranja, maçã, entre outras), legumes e verduras (como cenoura, chuchu, abobrinha, couve, agrião, alface) possuem algumas vitaminas e minerais.

Atividade física

Caminhe ou pratique outro exercício físico. Com a ajuda de um profissional de Educação Física, estabeleça uma rotina para a prática de exercícios físicos. Todo o seu corpo é beneficiado por eles. Já o sedentarismo limita seus movimentos, diminui sua disposição e origina uma série de problemas de saúde.

Caminhada

Seus benefícios são evidentes com 15 a 30 km/semana (2 – 4 km/dia):

  • Diminui pela metade a necessidade de anti-hipertensivos, antidiabéticos ou controladores do colesterol.
  • Diminui a ansiedade e a depressão.
  • Melhora a auto-estima e a capacidade de dilatação dos vasos.

Alongamento

Tem em média meia hora de duração em sessão exclusiva ou, no mínimo, dez minutos antes ou depois da ginástica. O ideal é praticá-lo regularmente:

  • Melhora os resultados do exercício.
  • Deixa os músculos mais flexíveis e relaxados.
  • Feito antes, relaxa as fibras musculares das tensões do dia a dia;
  • Feito depois, alivia a tensão do exercício, além de eliminar toxinas produzidas pelo exercício físico (ácido lático).

Musculação

Para todas as idades: aumenta a força física, diminui a perda óssea e melhora a qualidade de vida. É muito importante para as pessoas da terceira idade porque, após os 50 anos, os hormônios anabólicos diminuem, com consequente perda de massa muscular e óssea. Aumenta a capacidade do organismo de metabolizar o açúcar. O ideal é associar exercícios aeróbicos com exercícios de força, como a caminhada e a musculação.

Consulte seu IMC e controle seu peso

O Índice de Massa Corporal (IMC) avalia a relação entre peso e altura. É o método mais prático para calcular indiretamente a proporção de gordura no corpo e avaliar se o seu peso está adequado para a sua altura.

A fórmula para calcular o Índice de Massa Corporal é: IMC = PESO ÷ ALTURA²

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO

VALOR DO IMC CLASSIFICAÇÃO
Menos que 18,5 Baixo peso
De 18,5 a 24,99 Normal
De 25 a 29,99 Soprebeso
Maior que 30 Obesidade

Observação: Esta tabela é adequada para classificar o IMC em indivíduos adultos maiores de 20 anos. Crianças e adolescentes têm uma tabela própria que deve ser avaliada junto ao pediatra.