Dicas de Saúde

A- A+

Teste do Pezinho: medida simples e fundamental na prevenção de doenças

O exame é extremamente importante para detectar várias doenças precocemente. É importante que a coleta seja feita depois de 48 horas do nascimento e, preferencialmente, até sete dias de nascido

O Teste do Pezinho é um exame laboratorial, também chamado de triagem neonatal. É popularmente conhecido como Teste do Pezinho pela maneira que o sangue é coletado. Durante o teste, é necessário que seja feita uma picadinha no calcanhar do bebê. É importante que a coleta seja feita depois de 48 horas do nascimento e, preferencialmente, até sete dias de nascido.
O exame é de extrema importância para detectar precocemente doenças metabólicas, genéticas e/ou infecciosas que poderão causar lesões irreversíveis na criança, como, por exemplo, retardo mental.
É fundamental que haja essa conscientização por parte dos pais. É um exame que geralmente se faz no próprio hospital em que o bebê nasce. É obrigatório e gratuito pela rede pública de saúde e garantido por hospitais de referência, a exemplo da Maternidade Santa Mônica, no Poço.
O diagnóstico precoce oferece condições para um tratamento iniciado nas primeiras semanas de vida do bebê. Uma vez não realizado o teste, a criança pode ter seu desenvolvimento alterado. No Hospital Unimed, a coleta é realizada no dia da alta. O bebê só sai da maternidade com o teste colhido. As crianças nascidas pelo plano Unimed em outros hospitais podem realizar o Teste do Pezinho no Centro Integrado de Atenção à Saúde (CIAS).