Dicas de Saúde

A- A+

Consumo exagerado de carne vermelha é prejudicial ao coração

O Brasil é o 4º país no mundo em consumo de carne vermelha. O consumo exagerado do alimento aumenta os riscos das doenças vasculares

Elemento bastante comum à mesa, as carnes consideradas vermelhas são as mais consumidas no país. Atualmente, o Brasil ocupa 4º lugar no mundo em consumo de carne vermelha, e isso é uma preocupação para os cardiologistas.
Para entrar nesse debate é necessário esclarecer o que é carne vermelha, pois, muita gente ainda se confunde na classificação. Bovinos, caprinos e suínos são considerados carne vermelha. O que se sabe é que o consumo dessas carnes traz junto a ingestão de gordura saturada, que aumenta as doenças cardiovasculares.
É recomendável optar sempre pelo consumo de carnes brancas: frango (sem pele), peixe e carnes vermelhas magras como: alcatra, maminha, lagarto, patinho e filé mignon, deixando de consumir as carnes gordas e marmorizadas (cupim e picanha), onde o teor de gordura entre as fibras é maior. Dê preferência a um bife magro de 126g, duas vezes por semana, e evite, também, a fritura, procurando inserir na dieta assados de forno, cozidos e grelhados. Procure evitar também as carnes processadas, como bacon, presunto, salame e derivados, já que elas passam por diversos procedimentos químicos, que são prejudiciais à saúde.